sexta-feira, 14 de março de 2008

Minha aquarela tem esse tom...

Sonhos em verde-água
Borboletas coloridas levando boas notícias aos distantes
Flores perfumando nossos caminhos
Horizonte mergulhado no laranja poente
A brisa quente traz o som do desconhecido
Não me pergunto quem é você
Apenas abro meus braços e te aconchego no meu coração.

Seja bem vindo, sr. dos novos tempos!

Pra vc em azul marinho!

Com carinho

2 E o que você sabe?:

Anônimo disse...

Do fundo do sonho, onde me afundo, me livro do cansaço e espero que as palavras me confortem. Não quero o hoje. Não me encanta estar aqui. Queria ainda o verde da Primavera que começa a transbordar os seus cheiros, e os meus sentimentos que vão por ai sem rumo. Este sonho de diversas cores, plantado por entre risos alegres e amores.

Meu tom é esse:
Definitivo, como tudo o que é simples.

Ah! Paixão. nunca esqueça:
Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.

Simplesmente TE ADORO!

Dressa disse...

Essas borboletas... gosto delas... me fazem tão bem! Queria poder sentí-las mais vezes... ou, pelo menos, enquanto estou em sã consciência da realidade. Geralmente elas costumam aparecer quando estou sonhando, ainda que de olhos abertos...