segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

The world I know

Sim, estou lacrimejando ao som dessa música...
LOVE IS GATHERING.....E nesse mesmo instante um filme passa pela minha frente.
E estou falando do filme chamado "2010".

Ele começou bem triste. Faziam pouco tempo que eu tinha me despedido dos meus avôs.. E por nada nessa Terra eu teria clima para "começar" alguma coisa. Mas enfim.
O mês de Janeiro passou e eu pegando firme na academia. Indo sozinha e tudo mais.
E quase no final do mês, colado ao dia do pagamento, eu me tornei um porcentozinho da estatística. Fui demitida. Adeus salário, adeus academia, adeus coisas que só o mundo de Bob lhe proporciona..
Não chorei. Nenhuma lágrima.
Não me desesperei.Eu tinha uma certeza vinda de uma dúvida: Para onde eu iria. E a questão era mais abrangente. Para onde no mundo eu iria.
Claro que houve um sentimento de rejeição, mas lidei com ele feito gente grande.
Hoje... sinto saudades. Sinto falta das pessoas, do ambiente físico. Do status. E só.
Fevereiro chegou! Planos e mais planos. E uma conta bancária bem recheada!
O Carnvaval já estava batendo na porta. E lá fui eu, So e Nati tentar descobrir o que a Argentina tinha para nos oferecer. Na categoria ser humano: mania de tirar vantagem das pessoas.Eh brasileiro? Multiplique por 2. Categoria comida: huuuuuummmmm. Categoria compras: aprovado! Categoria hospedagem? Melhor nem comentar!!! Péssimo hotel. Sujo, antigo e bem localizado. Essa historia rendeu tanto taaaaanto que a agência pela qual compramos o pacote nos devolveu uma das parcelas! Tks So!!
Ahh!! Fui ver um jogo do Boca! Adorei!!!
Algumas semanas depois de voltar de BsAs eu embarcaria para o Chile... Mas um tal de terremoto não deixou. Hunf.. , custava ficar paradinha por 15 dias a mais? Hein hein, Terra??
Nesse mês fiquei meio down.. Sem esperanças, perdida na vida. O que fazer?? (ok, o mês acabou mas a dúvida persiste....).
Março, não me lembro muito bem dele...Mas acho que foi um mês instrospectivo. Mta reflexão. Me tornei motorista da minha avó com o maior orgulho. Continuei dormindo com ela. Mesmo com ela afirmando que meu avô vai visitá-la todas as noites, quando ela já está deitada na cama. Passei a pedir licença para ele ...
Abril, chegou com decisões sendo tomadas. De fato o mundo é tão grande!! Resolvi que voltaria para o Canadá: Austrália e NZelandia são longe demais. Iniciei, ou melhor, reforcei o processo do desapego. E comecei a encaixotar as minhas coisas. Coisas sentimentais que ficariam no Brasil. Mas que mereciam ser bem alojadas. Afinal de contas, eu não estaria por perto. Listei CDs, livros, guardei bilhetinhos, anotações. Doei roupas e sapatos. Fiz a limpa nas makes e esmaltes. E tudo ficou mais ... arrumado (!??). E recordar é reviver...
Maio, mês das mães e das noivas... E eis que surge uma contagem regressiva. Ele (o mês) tb me faz lembrar de um ano da depressão, dos ataques de pânico e tudo o que se desencadeou de lá pra . Um ano que eu cresci muito. Enfim. Aniver da minha avó e a deliciosa descoberta de uma caixa de cartas que meu avô mandava para ela!!! Tesouro para gerações. E a contagem regressiva... rolando...
Junho - Mês do meu aniversário. Das despedidas. De quebrar a cabeça para fazer as malas (verão em Vancouver X inverno em SP). Audiência no Sindicato e acordo não fechado. Lista de convidados e quitutes para o aniversário. Presentes!! E presenças!!! Ansiedade. Visto que não sai, ligações do consulado...
Julho - No primeiro dia aniver do meu pai e jantar fancy! Dia seguinte.... láaaaagrimas no aeroporto. Uma fiiiiila na Policia Federal e o povo numa torcida ahaha. E pronto. Horas (muitas e não tão pronto assim...) eu estava no hemisfério norte. No começo foi difícil. Sofri um pouquinho. Fichas cairam, mas tb andei muito, conheci lugares lindos. Recebi flores (<3) class="blsp-spelling-error" id="SPELLING_ERROR_46">Mta adaptação. Mta coisa nova!! ahahah.
Vc sempre ouve: tenha calma e paciência.. Foi isso o que usei para esses momentos mais complicadinhos...
Agosto - Mudança de casa, mais perto de tudo e sem a necessidade de pegar ônibus todos os dias. Comecei a curtir a night (e meus pés aprenderam rapidinho como chegar na Tonic por exemplo...), a Dani veio me visitar com a desculpa de estudar ahahaah. Fui ao Cirque du Soleil e amei! "aprendi" o real sentido da palavra HANGOVER...
Setembro - Arrumei um emprego e fui ao show do Aerosmith! Meus pais foram para a Europa. Fizemos várias conferências via skype. Despedidas começaram a se tornar uma rotina e pessoas queridas deixaram Vancouver. Será que vou ver o turco Baris novamente? A Elena eu tenho certeza que irei!!! A Russia não é tão perto assim, mas a gnt dá um jeito! (A coleção de Hangovers e de copinhos de tequila aumentaram e eu fui apresentada a 151!!!)
Outubro - Minha despedida e um jantar delicioso de Tksgiving. Lágrimas, mtas lágrimas. Eu queria ficar, mas tinha que vir pra ca... Saudades do Brasil e saudades de Vancouver... Que lugar é esse que eu vim parar? Mínimo. Minúsculo. Vida nova. Casa nova. Housemates e Nova adaptação. Trabalho!! Primeiro salário, primeiro jantar feito por mim...
Novembro - Olha o final do ano chegando ai! Olha o inverno batendo na sua porta. Primeira neve!! Fotos e mais fotos. Crescimento, Novas amizades? Saudades apertando. Nesse lugarzico não se tem nada pra fazer. Mas fui pra Banff. ahahah Giovana ficando doente e indo embora, Princess ficando sã e indo embora rsrs. E eu morando numa "mansão". Sozinha. Solidão. Mas comprei o ingresso pra ver o show do Bon Jovi, ok!
Dezembro - Frio, muito frio. Tudo branco! Natal via skype. Presentes recebidos pelo correio. Ligações e mais ligações. Declarações de amor. E a saudade aumentando. Lágrimas. decisões tomadas. Não vou ficar em Invermere. Votarei para Vancouver no final do mês de janeiro (contagem agressiva!!!!!)

E ainda faltou contar sobre os beijos na boca, os tombos na neve, sobre as novas e as velhas (ambas boas) amizades. O turbilhão de sentimentos...

E agora 27/12 me dei conta de uma coisa não muito boa... Tem coisa que acontece e que você não lembra depois. Isso é ruim. Minha memória já não é das boas...tsc.. e eis que surge a minha primeira resolução para o ano de 2011: andar com um caderninho... ahahah

Feliz 2011. Cheio de lembranças. Bem vividas por favor!

E ainda sobre 2010 ( eh mta coisa ahahah) tenho mto que agradecer. A todos TODOS que estiveram comigo nesse ano. E comigo ao lado, comigo no pensamento... Sem essa companhia e sem esse aparato.. eu estaria perdida.







2 E o que você sabe?:

Anônimo disse...

Amo vc amiguinha...
E 2010 foi mais especial pra mim pq te 'reencontrei'!

Tudo é aprendizado... por mais difícil e 'ugly' que seja...

Beijocas!

Eu sei disse...

Como assim, Bial??
Anonimo........ naõ vale!